medidas-do-governo-brasileiro

Visando combater os impactos do novo coronavírus (COVID-19), uma série de medidas do governo brasileiro tem sido anunciadas.

Os efeitos da pandemia do coronavírus têm afetado, em todos os sentidos, a sociedade brasileira. Além do grande número de casos e óbitos, a economia também tem sido uma das mais afetadas.

Dessa maneira, o governo brasileiro tem anunciado uma série de medidas para diminuir tanto a propagação do vírus quanto os impactos econômicos.

Portanto, se você deseja conhecer as medidas do governo brasileiro contra o coronavírus, leia o nosso artigo a seguir!

 

Quais as medidas do governo brasileiro?

As recomendações do Ministério da Saúde, como o isolamento social, tem feito com que muitas pessoas permaneçam em casa.

Além disso, diversas empresas estão fechando as suas portas por tempo indeterminado ou adotando o home office como modalidade de trabalho.

Dessa forma, as medidas do governo brasileiro atuam em duas frentes: frear o avanço do coronavírus entre a população e preservar saúde financeira das empresas.

Para que você entenda melhor qual o impacto das medidas que estão sendo adotadas, conheça algumas delas agora:

 

Isolamento social

Assim como aconteceu nos países europeus, o isolamento social é, até o momento, o principal método para frear o avanço do coronavírus.

Ou seja, entendendo que a transmissão do vírus acontece de forma comunitária, é necessário fazer com as pessoas fiquem em casa. Logo, deve-se evitar, ao máximo, transitar pela cidade.

Com isso, é possível notar que muitas empresas estão suspendendo as suas atividades de maneira temporária. Outras, visando se manter ativas, adotaram o trabalho remoto como alternativa para continuar desempenhando as suas atividades.

Atualmente, já é possível notar uma flexibilização do isolamento social, desde que as pessoas usem máscaras.

O uso de máscaras, inclusive, já é obrigatório em diversas cidades do país. A medida é evitar o contágio comunitário.

 

Cancelamento de grandes eventos

As medidas do governo brasileiro em combate ao coronavírus também se estendem para a realização de shows e grandes eventos.

Dessa forma, a realização de todo e qualquer evento que resulte na aglomeração de pessoas está suspensa.

É possível notar que as igrejas estão fazendo as suas reuniões por meio das reuniões online. Além disso, os campeonatos de futebol, vôlei e outros esportes estão paralisados por tempo indeterminado.

Portanto, evitar a aglomeração de pessoas em um mesmo ambiente se apresenta como uma das principais formas de evitar o contágio do vírus.

 

Trabalho Remoto

Como já dito ao longo do nosso artigo, muitas empresas estão adotando o trabalho remoto como medida contra o coronavírus.

A medida é de extrema importância para que as empresas se mantenham ativas, sem ter que suspender por completo as suas atividades.

Sendo assim, uma das práticas mais comuns durante o cenário atual é a possibilidade de continuar mantendo os serviços de uma empresa ativos, só que de casa.

 

Medidas do governo brasileiro para as empresas

Além de todas as medidas do governo brasileiro citadas até aqui, existem outras atuam diretamente na vida das empresas.

Entendendo que os próximos meses serão de quedas nas receitas, as medidas são fundamentais para evitar que essas empresas fechem.

Dessa forma, a primeira medida diz respeito ao pagamento de impostos. O governo adiou as parcelas referentes ao Simples Nacional.

Além disso, o depósito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS) também foi adiado para as empresas.

Ambas as medidas do governo brasileiro atuam dando uma folga ao caixa das empresas. Sendo assim, é possível se preparar para arcar com as despesas dos próximos meses.

O governo brasileiro também anunciou uma Medida Provisória (MP) que diz respeito à relação entre empregado e empregador. É possível que as empresas reduzam, em até 70% o salário e a jornada de trabalho dos seus funcionários por 90 dias.

Por fim, o prazo para a declaração do Imposto de Renda foi prorrogado até o dia 30 de junho. Antes, a data limite era 30 de abril.

É de extrema importância se manter atualizado nas medidas que dizem respeito às empresas. Não se sabe como será o avanço da doença no Brasil. Portanto, é possível que o governo anuncie novas medidas ao decorrer das próximas semanas.

Para saber como manter sua empresa saudável durante esse período, acesse o nosso blog e leia os conteúdos que disponibilizamos lá!